PRÊMIO NOBEL PARA A MEDICINA TRADICIONAL CHINESA NO TRATAMENTO DA MALÁRIA

UM GRANDE MARCO PARA A MEDICINA CHINESA QUE CONQUISTA CADA VEZ MAIS RECONHECIMENTO OCIDENTAL COM O PRÊMIO NOBEL!

O Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina foi dividido este ano por 2 categorias de trabalhos inovadores sobre doenças parasitárias.
Os pesquisadores William Campbell e Satoshi Omura encontraram uma nova maneira de combater infecções causadas por parasitas da Lombriga.
fernando_braga_william_campbell
William Campbell
fernando_braga_satoshi_omura
Satoshi Omura
E a pesquisadora chinesa Tu Youyou compartilha o prêmio por sua descoberta de uma terapia contra a Malária.
fernando_braga_dra_youyou_1
Tu Youyou
O comitê do Nobel disse que o trabalho mudou a vida de centenas de milhões de pessoas afetadas por estas doenças.
A Dra. Tu Youyou que na década de 1960 era recém formada do Departamento de Farmácia da Universidade de Pequim, enxergou na medicina tradicional à base de plantas, recursos para uma terapia potencial contra a Malária. Ela tomou como referência um extrato da planta chamada Artemisia annua, ou Artemísia, e começou a testá-la em parasitas da Malária. O componente, mais tarde chamado “Artemisinin”, foi altamente eficaz em matá-los. Hoje em dia, a droga é utilizada em todo o mundo em combinação com outros medicamentos contra a Malária. A Dra. Youyou Tu baseou as suas pesquisas em um livro do fitoterapeuta e alquimista chinês, Ge Hong (283 – 343 d. C.) intitulado “Manual de prática e emergência clínica”. E também em informações de um livro clássico muito antigo chamado Shen Nun Ben Cao Jing. 
fernando_braga_malaria_artemisia
Só na África, estes recursos de tratamentos estão a salvar mais de 100.000 vidas a cada ano. A Dra. Tu Youyou é a décima terceira mulher a ganhar o prêmio Nobel.
SOBRE  QING HAO (Artemisia annua):
fernando_braga_qing-hao_artemisia_annua
QING HAO (Artemisia annua), está na categoria de “Ervas Sudoríficas que Eliminam o Calor de Verão”, ao lado de:
XI GUA PI (casca de Melancia)
fernando_braga_xi_gua_pi_melancia
E ao lado de HE YE (folha de Lótus):
fernando_braga_he_ye_lotus
Tais Sudoríficos (febrífucos) aumentam também o fluxo urinário, resolvendo a febre, interrompendo a sede excessiva e promovendo a salivação (reidratação).
São boas para Insolação e Excesso de Calor.
Qing Hao (Absinto Doce), atua nos canais do Fígado e Vesícula, Alivia o Calor, Remove Calor de Deficiência, Resfria o Sangue e tem efeito bacteriano. O extrato aquoso in vitro inibe o crescimento de fungos.
Comentários do Professor Fernando Braga:
Em Fitoterapia Chinesa e Brasileira, sempre que combinamos ervas do Grupo que Eliminam Calor de Verão, como a Artemísia annua e/ou a Folha de Lótus (He Ye) e/ou Casca de Melancia (Xi Gua Pi) e Ervas que Eliminam Calor-Umidade como Huang Lian (Coptidis sinensis) e/ou Capeba (Pothomorpe peltata) e Ervas que Eliminam Calor e Toxinas, como Picão (Bidens pilosa) e/ou Calêndula (Calendula officinalis), produzimos efeitos maravilhosos no tratamento da Malária e de outras doenças crônicas que envolvam o Calor (Febre) e Umidade. 
É maravilhoso testemunhar estes reconhecimentos da medicina tradicional. Além de coroar o esforço da pesquisadora, coroa também uma medicina que nunca mediu esforços para resolver as mazelas do seu povo, e que de forma muito generosa, compartilha seu imenso saber com o mundo todo. Sem esconder nada e desejando apenas que a humanidade reconquiste sua rota para a Medicina da Natureza! Se cada povo, se cada país usar sua própria biodiversidade, aliada ao poderoso modelo de diagnóstico e tratamento ensinado pela medicina tradicional chinesa, muitos remédios naturais maravilhosos surgirão! Faltará laboratórios para tantas pesquisas!
Fonte: BBC
Extraído de: http://professorfernandobraga.com.br/blog/um-premio-nobel-para-a-medicina-tradicional-chinesa/
Amor e Luz,
Eu Sou Andréia
Ao compartilhar, por favor respeite os créditos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HORÁRIOS DOS 12 MERIDIANOS PRINCIPAIS

CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. - O SANTO REMÉDIO

OMBRO DOLOROSO E SEU TRATAMENTO COM ACUPUNTURA