10 DICAS DE FELICIDADE DE ACORDO COM A CIÊNCIA


10 DICAS DE FELICIDADE 
DE ACORDO COM A CIÊNCIA


Todos os dias você faz escolhas e toma pequenas decisões, e algumas delas parecem completamente alheias à sua saúde e felicidade.

Porém, muito do que você decide durante o seu dia a dia pode impactar dramaticamente a maneira como você se sente mental e fisicamente. Se você já notou que algumas dessas escolhas têm complicado sua vida, se atente para essas 10 dicas para mais feliz e saudável a partir da mudança de alguns hábitos:

Tenha conexões mais profundas

A experiência humana se baseia na conexão com outras pessoas, afinal, ela dá valor e significado para as nossas vidas. Pesquisas apontam que pessoas com fortes laços sociais são mais saudáveis e tem menor risco de morte. Além disso, têm a expectativa de vida mais alta e menos riscos de câncer. Isso vale para o casamento, a família e os amigos. Não tenha medo de se entregar. Os laços e a conexão são essenciais para uma vida saudável e feliz.

Não fique sentada o dia todo

Ficar sentada em frente à uma tela de TV ou de computador aumenta o risco de ter doenças cardiovasculares e morte, mesmo que você pratique atividades físicas! A pesquisa foi realizada com 240 mil participantes, que tinham o hábito de permanecerem sentados diariamente por muitas horas, e outra parcela que não tinha o mesmo costume.

Pare para respirar

A respiração é como um alimento para o corpo e a mente. Procure tirar pelo menos 15 minutos do seu dia para sentar e respirar. A meditação unida à respiração correta reduz a ansiedade, melhora sua qualidade de vida, estimula o sistema imunológico e, de quebra, regula o seu sono. Quer motivo melhor para dar uma pausa em seu dia?

Torne-se membro de alguma comunidade

Procure uma religião, doutrina, ou mesmo grupo, em que você possa interagir e trocar ideias com outras pessoas. Essa prática pode lhe auxiliar a reduzir o estresse e as preocupações, além de ser uma ótima janela para as novas amizades.

Não ignore suas habilidades criativas

Expressar-se criativamente reduz o risco de doenças, e fortalece a sua saúde e bem-estar. Um estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard revelou que a arte, por exemplo, ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade, aumenta as emoções positivas, e reduz a probabilidade de depressão, além de muitos outros benefícios. Outro estudo, que foi publicado no Journal of Medicine Biobehavioral, descobriu que a escrita criativa melhorou a resposta do sistema imunológico de pacientes com HIV.

Não passe o dia todo dentro de casa

Explore o mundo ao seu redor – mesmo que isso signifique viajar para algum lugar bacana, ou apenas fazer caminhadas pelo seu bairro. Isso irá lhe oferecer uma ampla gama de vantagens para o seu corpo e mente. Para começar, os benefícios da luz solar irão compensar os efeitos negativos da luz artificial de que estamos acostumadas. Além disso, pesquisadores descobriram que as viagens de excursão com grupos são verdadeiras terapias, já que promovem a perda de peso e aumentam o ânimo, a confiança e a auto-estima. Viva mais ao ar livre!

Consuma menos e crie mais

A contribuição é essencial para uma vida plena e feliz. Muitas vezes passamos a vida consumindo o mundo em torno de nós, em vez de criá-lo. Vivemos uma vida sedentária e comemos passivamente, o que não nos deixa criar nada, apenas absorver o que já foi feito. Portanto, prepare sua própria refeição em vez de comer fora, ou de comprá-la pronta. Experimente aprender a fazer sua própria roupa, ou, se isso for muito difícil, confeccione algum objeto mais simples. Isso vai estimular sua criatividade, reduzir o estresse e, de quebra, você irá gastar menos dinheiro.

Trabalhe com o que você gosta

Trabalhar em excesso pode ser potencialmente perigoso. No Japão, pessoas que morrem por problemas psicológicos por causa do trabalho têm até um rótulo: “karoshi “, que significa literalmente “morte por excesso de trabalho”. Fatores como deslocamentos imprevisíveis, tensão, discordância com o seu chefe ou colegas de trabalho e sentir-se desvalorizada são danosos à sua saúde. Horas extras também contribuem com o problema: quem as realiza tem mais chance de ter doença coronária.

Não coma sozinha

Segunda Brian Wansink, professor de Cornell e autor do livro Mindless Eating, quando as pessoas comem sozinhas, são mais propensos a ter compulsão alimentar. Além disso, as dietas também sofrem mudanças, já que as pessoas tendem a comer menos frutas e refeições menos saudáveis. Parece que as pessoas se esforçam menos para comer bem quando estão sozinhas.

Acredite que você é digna de saúde, felicidade e amor

Quando você quer iniciar um projeto, o primeiro passo para alcançá-lo é ter a certeza de que merece voar alto. Não permita que seu medo, insegurança ou até mesmo vergonha a impeça de tentar coisas novas ou ousadas, segundo o seu julgamento. Quando você se empenha e busca objetivos corajosos acreditando que os merece (e que irá conseguir), pode se surpreender com os resultados.

Por favor, respeite todos os creditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/06/10-dicas-de-felicidade-de-acordo-com.html
Via The Huffington Post
Fonte O Mundo de Gaya

Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HORÁRIOS DOS 12 MERIDIANOS PRINCIPAIS

CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. - O SANTO REMÉDIO

OMBRO DOLOROSO E SEU TRATAMENTO COM ACUPUNTURA