Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

OS CINCO RITOS TIBETANOS – A FONTE DA JUVENTUDE

Imagem
O nosso corpo tem sete centros de energia, que podem ser chamados vórtices, ou chacras. Trata-se de poderosos campos energéticos, invisíveis aos olhos, mas cuja existência é indiscutível. Os sete vórtices controlam as sete glândulas do sistema endócrino, e estas, por sua vez, regulam todas as funções do corpo, inclusive o processo de envelhecimento. O primeiro vórtice (denominado chacra da Raiz) situa-se na base da espinha;O segundo (o chacra sexual), na região do baixo-ventre, abaixo do umbigo;O terceiro (o chacra do plexo solar), acima do umbigo e abaixo do peito;O quarto (o chacra cardíaco), no centro do peito;O quinto vórtice (o chacra da garganta) fica na base do pescoço;O sexto (o chacra do terceiro olho),no centro da testa, entre as sobrancelhas;E o sétimo, o vórtice mais elevado (o chacra coronário), localiza-se no alto da cabeça; Num organismo sadio, todos esses vórtices giram a grande velocidade, fazendo com que a energia vital, flua, subindo pelo sistema endócrino. Mas, se …

STRESS

Imagem
STRESS Mensagem de Karen Bishop 3 de Novembro de 2013.

À medida que começamos a nos fundir no novo espaço, estamos também sendo mantidos sob sujeição como nunca. Sermos mantidos em um espaço tão próximo ao novo, criou uma energia de impulso e de pressão que pode ser difícil de suportar.

Assim, embora estejamos nos aproximando destes pontos muito novos, estamos também sendo mantidos próximos para não avançarmos muito rápida e prematuramente. Além disto, muitos estão sendo comprimidos de baixo agora, bem como de cima.

Estas energias são tão intensas que podemos nos sentir muito estressados e muitos não sabem por quê, e em outros momentos podemos pensar que este stress é devido a isto ou aquilo, mas seja qual for o caso, o stress aí está.

Nossos corpos podem reagir com novas dores nas costas e pressão, pressão no peito, opressão no coração, torcicolos, dores nos pés, com a reestruturação acontecendo abaixo de nós.

Além disto, podemos nos perceber “explodindo” e falando rispidamente de maneiras …