A SÍNDROME DO PENSAMENTO ACELERADO

 Augusto Cury

"Criamos sociedades complexas, construímos diálogos, produzimos ciência, porque somos uma espécie pensante. Ser uma espécie inteligente nos trouxe enormes vantagens, mas o exercício inadequado da atividade do pensamento trouxe enormes problemas, tais como guerras, discriminações, crimes, injustiças sociais. Não bastassem os problemas de fora, a atividade inadequada do pensamento trouxe transtornos internos. Um desses problemas é a síndrome SPA, a síndrome do pensamento acelerado. A síndrome SPA é uma síndrome que descobri ao longo de minhas pesquisas.
O pensamento tem de ter uma velocidade produtiva adequada para propiciar saúde emocional. Se essa velocidade está aumentada, ela pode causar uma série de sintomas, tais como irritabilidade, insatisfação existencial, dificuldade de concentração, déficit de memória, fadiga excessiva, sono alterado, dificuldade de extrair prazer nos estímulos da rotina diária, sentimento de vazio existencial.
A síndrome SPA provoca sintomas mesmo que os pensamentos não tenham conteúdo perturbador. Ela é epidêmica, atinge grande parte da população mundial. Ela é gerada pelo excesso de estímulos produzidos pela imprensa escrita, pela mídia, pela ciência, pela educação, pelo trânsito de informações e preocupações nas relações sociais.
Uma edição como a do Jornal New York Times contém mais informações do que uma pessoa comum poderia incorporar durante toda a sua existência no século XVII nos EUA. Trilhões de informações são produzidas anualmente. Precisaríamos de mil anos para receber o que se produz em um mês no mundo.
O excesso de estímulo gera uma hiperexcitação da leitura da memória que produz uma hiperaceleração dos pensamentos, que por sua vez gera uma hiperexcitação da energia emocional, fechando assim o ciclo da síndrome SPA. Esta síndrome é geradora da ansiedade. Algumas doenças podem produzi-la, mas, atualmente, ela tem sido produzida como uma doença isolada desencadeada pelo ritmo alucinante e estressante do mundo moderno.
A característica básica dessa síndrome é que as pessoas não desligam suas mentes, não desaceleram seus pensamentos. O humor fica flutuante e irritadiço. Frequentemente sofrem por antecipação. Costumo dizer que fazem o velório sem ter o morto. Os problemas não aconteceram, mas elas já estão angustiadas por eles. Frequentemente se cobram excessivamente.
Muitos escritores, jornalistas, profissionais liberais possuem a síndrome SPA. Raramente um executivo não a tem. Eles são ótimos funcionários, se doam mais para a empresa do que seus próprios proprietários, mas são péssimos para si mesmos. Não cuidam de sua qualidade de vida. Muitos têm humor flutuante. Num momento estão no Pólo Norte; noutro, no Saara. A tranquilidade e a irritabilidade nunca estiveram tão próximas.
Outra característica básica da síndrome SPA é o cansaço físico exagerado e inexplicável. Por pensar demais, os portadores dessa síndrome roubam energia do córtex cerebral, que é a camada mais evoluída do cérebro, energia esta que deveria ser utilizada nos órgãos do corpo, como musculatura. Assim, sentem uma fadiga impressionante. Muitos procuram médicos para checar se têm alguma doença. Os médicos, desconhecendo essa síndrome, pedem uma série de exames desnecessários.
Os portadores da síndrome SPA lutam para conquistar algo, mas quando conseguem, logo perdem o prazer. Eles amam o desafio, mas não sabem desfrutar do pódio. Detestam a rotina, estão sempre em busca de novos estímulos para ter um pouco de satisfação. Contudo, não têm uma emoção contemplativa e estável, pois ela é continuamente torpedeada pela avalanche de pensamentos que eles produzem.
Embora tenha citado vários sintomas da síndrome SPA, gostaria de destacar quatro: pensamento acelerado, fadiga excessiva, flutuação do humor e dificuldade de contemplar o belo nos pequenos estímulos da rotina diária. Dois desses sintomas já caracterizam a síndrome. Se você tiver alguns, não se perturbe. Apenas considere que precisa mudar seu estilo de vida. Precisa treinar sua emoção para desacelerar seus pensamentos e se tornar uma pessoa estável, feliz e tranquila." 

Fonte: Livro "Treinando a Emoção para ser Feliz", de Augusto Cury
Extraído de: http://terapeutasdavida.blogspot.com.br/2013/07/a-sindrome-do-pensamento-acelerado.html

Amor e Luz,
Eu Sou Andréia
Por favor, respeite os créditos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HORÁRIOS DOS 12 MERIDIANOS PRINCIPAIS

CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. - O SANTO REMÉDIO

OMBRO DOLOROSO E SEU TRATAMENTO COM ACUPUNTURA