6 LIÇÕES QUE PODEMOS APRENDER DO LESTE DA MEDICINA CHINESA


6 lições que podemos aprender do leste da Medicina Chinesa 
 
Como um médico formado em Harvard começou a apreciar a medicina tradicional chinesa
Publicado em 27 de janeiro de 2013 por Leana Wen, MD em The Doctor is listing
.

Como uma criança que cresce na China, eu estava sempre ciente da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). MTC é o que chamamos de medicina oriental, em contraste com a medicina ocidental, sabemos de hospitais norte-americanos. Eu nunca entendi muito sobre MTC, que de alguma forma envolve ervas e que muitas pessoas chinesas usaram. Quanto mais eu avançava na minha formação médica nos grandes centros acadêmicos dos EUA, o mais distanciado senti da MTC. Por que eu deveria aprender sobre algo que não existe evidência quando há tanta coisa para saber sobre o qual existe uma boa pesquisa?

No outono passado, eu fui para a China em uma viagem de pesquisa. Enquanto o meu estudo é principalmente em sistema médico ocidental, eu estava tão fascinado com o que aprendi de medicina oriental que eu passei muitas noites em observar praticantes da MTC. tanta coisa que eu não sabia. Como uma disciplina, MTC é muito complexa para  entender em minha curta observação, mas há algumas "lições do Oriente" muito importantes que são aplicáveis ​​à nossa prática médica ocidental:


1. Ouça-realmente ouvir:
 O primeiro praticante MTC  me explicou que a prática MTC é "ouvir com todo o seu corpo." Preste atenção e use todos os sentidos que você tem, disse ele. Eu assisti a esse médico, ele diagnosticou uma mulher com câncer cervical de início recente e anemia grave no momento em que ela entrou em sua sala de exame, e em dois minutos, sem exames de sangue ou imagens, encaminhou-a para ser internada em um serviço médico (ocidental) . Eu vi os médicos especialistas fazem diagnósticos notáveis, mas isso era outra coisa!

"Como você pode saber o que ela teme e que precisava para ser internada", eu perguntei."Senti o cheiro do câncer do colo do útero", disse ele. "Eu olhei e vi a anemia. Ouvi-a falar e eu sabia que ela não podia cuidar de si mesma em casa "(eu segui seus registros no hospital, ele estava certo em todas as contas.).


2. Concentre-se no diagnóstico: 

Eu vi outro médico TCM pacientemente explicar a um jovem com dor abdominal de longa data a não resposta por analgésicos."Por que deveríamos tratá-lo de alguma coisa se não sabemos o que é?", disse. "Vamos descobrir o diagnóstico pela primeira vez." O que é uma lição importante para nós,  sempre começa pelo diagnóstico.

 3. Trate a pessoa inteira:
"A grande diferença entre as duas práticas", disse uma médica MTC "é que a medicina ocidental trata as pessoas como órgãos. Medicina oriental trata as pessoas como um todo". Na verdade, eu a vi perguntar sobre a família, dieta e pressões da vida. Ela aconselhou sobre questões de planejamento familiar, segurança alimentar e gestão da dívida. Ela até ajudou os pacientes que precisavam de conselhos sobre cuidar dos seus pais idosos e escolher as escolas para os seus filhos. Este é verdadeiramente "toda pessoa" cuidado!

4. Saúde não é apenas sobre a doença, mas também sobre o bem-estar:

Existe um termo em chinês que não tem o seu equivalente exato em inglês. A tradução mais próxima é, provavelmente, "tune-up para permanecer em equilíbrio", mas ele não faz jus ao termo porque se refere à manutenção e promoção de bem-estar. Muitos optam por ver um médico de MTC não porque estão doentes, mas porque querem estar bem. Eles acreditam que a MTC ajuda a manter em equilíbrio. É uma lição importante para médicos e pacientes para tratar de bem-estar e prevenção.

5. A medicina é uma prática ao longo da vida: 

Reverenciar a medicina ocidental, a  mais nova, como a melhor, em contraste, os pacientes reverenciam antigos médicos da MTC por seu conhecimento e experiência. Praticar, os médicos não descansam sobre os louros.

"Esta é uma prática que levou milhares de anos para se desenvolver", me disseram. "É por isso que você deve manter a aprendizagem ao longo da sua vida, e mesmo assim, você só vai aprender apenas uma pequena fração." A medicina ocidental não deve ser diferente: não só há novos avanços médicos o tempo todo, os médicos precisam  melhorar continuamente as suas competências na arte da medicina.
 

6. Evidência está nos olhos de quem vê:
 Medicina baseada em evidências foi o meu mantra na formação médica ocidental, então eu estava muito cético das histórias que ouvi. Mas então eu conheci tantos pacientes que disseram que eles foram capazes de obter alívio em remédios orientais enquanto os tratamentos ocidentais falharam. Poderia haver um efeito placebo? Claro. É uma pesquisa importante? Claro. Mas a pesquisa é feita em populações e nosso tratamento é de indivíduos. Levei um tempo para aceitar que nem sempre pode ser capaz de explicar o porque, mas que o cuidado deve ser individual para o paciente e não uma população de pacientes.

"De certa forma, há mais evidências para o nosso tipo de medicamento do que para vocês", disse um professor MTC. "Temos quatro mil anos de experiência, que deve contar para alguma coisa!"


 Há tanta coisa que eu não abrangia a cerca de MTC. Suas práticas variam regionalmente, e, sem dúvida, há mais e menos capazes praticantes (como há na medicina ocidental). Mais pesquisas sobre métodos MTC deverá ser importante. No entanto, independentemente de nós, médicos ocidentais quererem prescrever tratamentos de MTC, devemos reconhecer que há muito a aprender com a medicina oriental, incluindo o que significa ser um médico que realmente importa para os nossos pacientes. Após o meu regresso da China, eu, por exemplo, tenho uma apreciação recente da prática médica do leste, um entendimento renovado da assistência médica holística.

Para saber mais sobre a prática holística e a importância da parceria, por favor leia meu novo livro, Quando os médicos não escutam.


Tradução: Andréia Moreira

Extraído de:  http://www.psychologytoday.com/blog/the-doctor-is-listening/201301/6-lessons-we-can-learn-eastern-chinese-medicine

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HORÁRIOS DOS 12 MERIDIANOS PRINCIPAIS

CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. - O SANTO REMÉDIO

OMBRO DOLOROSO E SEU TRATAMENTO COM ACUPUNTURA