O que é uma crença?

O que são crenças

 
Uma crença é qualquer princípio orientador que pode proporcionar significado e direção na vida.

As crenças que temos sobre nós mesmos, sobre os outros e sobre o mundo, têm grande impacto sobre a qualidade das nossas experiências. Podem dar apoio ou inibir um comportamento. São enfim, como um comando do cérebro.

Quando acreditamos com convicção que alguma coisa é verdade, é como se elaborassemos uma profecia que tem o poder de auto-realizar, pois mandamos ao cérebro um comando para representar o que está a ocorrer.

Para ilustrar este conceito, costumo contar a história do menino que passou horas a observar um jovem que, com grande concentração batia incessantemente num bloco de pedra.

Sem entender a natureza da atividade do jovem, o menino perguntou-lhe: “Senhor, porque estás a bater nesta pedra?”
E Miguel Angelo, olhando para o menino respondeu: “Porque dentro dela há um anjo que quer sair…”

Ora, se quisermos mudar o comportamento, temos que aprender primeiro a alterar as nossas próprias crenças.

Se queremos contribuir para que as pessoas à nossa volta alterem a visão que têm de si mesmas e do seu trabalho, é preciso ajudá-las a compreender e a transformar o seu sistema de crenças.

É fundamental a consciência de que a eficácia com que trabalha é o modo como cada um se sente em relação a si mesmo. E é esta eficácia que determina o sucesso!

O cérebro só faz o que lhe ordenamos. Ele não cria a realidade. Nós é que a criamos. E o que nós criamos, a qualidade da nossa realidade depende do sistema de crenças de cada um.

Há crenças que favorecem a excelência; outras que lhe opõem obstáculos.

Como o sistema de crenças de um ser humano depende exclusivamente dele mesmo, por que não ajudá-lo a escolher as que lhe sejam apoiadoras, que os levem à excelência?

Existem algumas crenças que demonstraram serem muito úteis. A primeira é que tudo acontece por uma razão e um fim e que este conhecimento nos serve.

Outra é que não existe aquilo a que chamamos fracasso. Na verdade, o fracasso é apenas ensaio, preparação para a conquista de acertos. O que existe  são os resultados dos esforços! Isto leva-nos ao conceito de que qualquer que seja o resultado, aconteça o que acontecer, devemos assumir a responsabilidade.

A terceira crença que precisa ser cultivada é a de que não é necessário saber tudo para se ser capaz de usar tudo. Esta crença, especialmente, leva ao afloramento da intuição, habilidade tão valorizada actualmente.

Há ainda duas crenças literalmente vitais a serem desenvolvidas: a de que as pessoas são o maior recurso de uma organização e a de que não há sucesso sem confiança.

Bem, deixo aqui a epígrafe da semana para aquecer o coração nesta manhã ainda fria: DAS UTOPIAS

"Se as coisas são inatingíveis... ora! Não é motivo para não as querer... Que tristes os caminhos, se não fosse a presença distante das estrelas!
(Mário Quintana)

Texto de:
Maria Luísa Albuquerque
Psicoterapeuta e Hipnoterapeuta

Extraído de:  http://www.harmoniza.com/pt/metaforas-em-vida/324-o-que-e-uma-crenca.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HORÁRIOS DOS 12 MERIDIANOS PRINCIPAIS

CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. - O SANTO REMÉDIO

OMBRO DOLOROSO E SEU TRATAMENTO COM ACUPUNTURA